Descarbonização e Digitalização do Setor do Táxi

Os apoios beneficiarão a aquisição de veículos 100% elétricos e respetivos equipamentos de carregamento, podendo ser complementados com o apoio ao abate de veículos antigos.

Meio milhão de euros disponível para descarbonizar e digitalizar o setor do táxi

No dia 29 de abril, foi lançado pelo Fundo para o Serviço Público de Transportes do Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT), o aviso público de candidaturas para o apoio à Descarbonização e Digitalização do Setor do Táxi referente a 2024, no valor inicial de 500 mil euros.

São elegíveis as seguintes despesas:

Descarbonização

  1. Aquisição de veículos ligeiros de passageiros novos, 100% elétricos, licenciados para a atividade de transporte público de passageiros em táxi, homologados pelo Instituto da Mobilidade e dos Transportes, I.P. (IMT, I.P.), na categoria M1.
  2. Abate de veículos antigos em fim de vida útil, com licença para transporte em táxi nos últimos 3 anos, se efetuado em simultâneo com a aquisição de veículos ligeiros novos, 100% elétricos, para transporte em táxi;
  3. Aquisição de equipamentos para carregamento de veículos 100% elétricos, com licença para transporte em táxi.

Digitalização

  1. Taxímetros: Aquisição de taxímetros que cumpram todos os requisitos legais de homologação, aferição e de instalação e possam contribuir para a prestação de serviços mais ágeis e mais eficazes aos utilizadores;
  2. Equipamentos, dispositivos ou aplicações que permitam a emissão de documento legal de quitação por impressora integrada ou acoplada ao taxímetro;
  3. Equipamentos, dispositivos ou aplicações que permitam a desmonetização dos processos de pagamento;
  4. Equipamentos, dispositivos ou aplicações que permitam proceder à emissão e envio do documento de quitação, para endereço de correio eletrónico fornecido pelo utilizador, desmaterializando totalmente este processo;
  5. Equipamentos, dispositivos ou aplicações que permitam realizar automaticamente a transmissão eletrónica de dados em tempo real à Autoridade Tributária e Aduaneira (AT).

Comparticipação

São elegíveis despesas incorridas com data posterior a 1 de janeiro de 2024.

Período de Candidaturas

Período de Candidaturas: 30 de abril a 31 de outubro

O Ministro das Infraestruturas e da Habitação, Miguel Pinto Luz, publicou no X (antigo Twitter) um post sobre este apoio, onde enumera as medidas para tornar os “táxis mais elétricos”.

Publicação de Miguel Pinto Luz, no X (antigo Twitter) sobre este apoio, onde enumera as medidas para tornar os “táxis mais elétricos.

Se gostou deste conteúdo ou pretende obter mais informação, considere seguir-nos nas nossas redes sociais, onde diariamente disponibilizamos novas informações, que o manterão atualizado em matérias fiscais, legais e empresariais, pertinentes ao seu negócio.

Partilhar:

Gratificações de balanço

As gratificações de balanço têm sido um método utilizado pelas empresas para premiar e/ou motivar os seus colaboradores (funcionários e Órgãos Sociais) beneficiando em sede de IRC e TSU.

NEWSLETTER

Assine a nossa newsletter e fique a par de todas as novidades

Este site usa cookies para assegurar uma melhor experiência de navegação. Se desejar saber como tratamos os seus dados leia nossa política de privacidade.

Abrir
1
Ajuda?
Ola!
Como podemos ajudar?